CredForYou

segurança

CREDFORYOU

  • Política de Privacidade
    e Termos de Uso
  • LGPD
  • Prevenção a
    Lavagem De Dinheiro
  • Clientes Vulneráveis

Política de Privacidade e Termos de Uso

Nós, da CredForYou levamos a sua privacidade e a proteção dos seus dados a sério. Por isso, esta Política de Privacidade estabelece como coletamos e tratamos seus dados de forma simples e transparente.

Desse modo, a C LIMA DOS ANJOS SERVIÇOS CADASTRAIS, doravante denominada de “CredForYou”, inscrita no CNPJ sob o nº 26.598.937/0001-02, localizada na Tv. José Muniz da Silva, 230 Bairro Planalto da Bela Vista, Russas-CE, CEP 62.900-000, no papel de Controlador de Dados, obriga-se ao disposto na presente Política de Privacidade para que seja garantida a sua correta aplicação e preservação dos pilares de segurança.

Objetivo:

Definir critérios para orientar os colaboradores do Grupo CredForYou, clientes, parceiros de negócios e fornecedores, sobre as diretrizes e políticas referentes às melhores práticas a serem adotadas para garantir a Segurança da Informação e Segurança Cibernética, em conformidade com a legislação e regulamentação vigentes e normas internas. 

Definições e Conceitos básicos:

TermoConceito
DPODPO (Data Protection Officer) também chamado de Encarregado pelo Tratamento de Dados Pessoais é a pessoa responsável pela comunicação entre o Controlador e a ANPD, e principal responsável por garantir que o cumprimento pela LPGD no controlador.
TitularPessoa física natural a quem os dados se referem.
Dado PessoalÉ uma informação relacionada a uma pessoa física e que seja capaz de identificar a pessoa ou tornar possível a sua identificação. São exemplos de dados pessoais que podem permitir a sua identificação: Nome, CPF, telefone, e-mail, placa do seu veículo etc.
Dado Pessoal Sensível

São dados que podem ser usados para discriminar, ou até mesmo abrir brechas para perseguições aos titulares. Segundo a LGPD, são considerados dados pessoais sensíveis informações sobre:

  • Origem racial ou étnica;
  • Convicção religiosa;
  • Opinião política;
  • Filiação a sindicato ou a organização de caráter religioso;
  • Filosófico ou político;
  • Dado referente à saúde ou a vida sexual;
  • Dado genético ou biométrico, quando vinculado a uma pessoa natural.
Agentes de TratamentoSão definidos como Controlador e Operador.
ControladorPessoa Natural ou Jurídica, a quem competem as decisões referente ao tratamento dos dados.
OperadorPessoa Natural ou Jurídica, que realiza o tratamento dos dados em nome do Controlador. Geralmente é uma empresa contratada para realização de algum tipo de serviço que envolve o titular, por exemplo um serviço de cobrança ou de venda de produtos/serviços.
Tratamento do DadosÉ toda operação realizada com os dados.

Informações coletadas, Como coletamos e a Finalidade:

Durante a navegação em nossas Plataformas Digitais, coletamos alguns dados pessoais e informações de clientes e usuários, sempre de modo a viabilizar uma ou mais finalidades especificas de tratamento a fim do melhorarmos continuamente a sua experiência e o uso de nossos serviços. As informações coletadas são as seguintes:

  • Informações Cadastrais: Ao se cadastrar, coletamos seu nome, e-mail, endereço, telefone de contato, CPF, RG, data de nascimento e sexo, nacionalidade, estado civil, regime civil e filiação (nome da mãe e nome do pai), informações profissionais e sobre escolaridade a depender do serviço ou produto solicitado.
  • Informações Financeiras: Além disso, também iremos solicitar informações financeiras relevantes para que possam ser oferecidos produtos ou serviços adequados às suas necessidades e poderemos consultar as informações em nossas bases de dados ou disponíveis em fontes públicas para confronto e atestar a veracidade das informações para proteção e prevenção a fraudes.
  • Dados coletados automaticamente: Cookies, endereço IP, sistema operacional, nome e versão de seu navegador de acesso e de localidade e horário de uso;

Coletamos todas as informações inseridas pelo usuário na utilização de nossas plataformas como por exemplo site e aplicativos através do preenchimento de formulários, cadastros e digitação de propostas nos sistemas dos bancos.

Coletamos seus dados para as seguintes finalidades:

  • Para viabilizar que você utilize nossos serviços e plataformas de acesso.
  • Para prestação dos serviços contratados e aprimoramento dos nossos produtos e serviços.
  • Para responder suas solicitações, sugestões, elogios e tira dúvidas.
  • Para envio dos dados a empresas que façam parte da CredForYou, como gráficas para impressão de cartas, empresas de divulgação publicidade de eventos e similares.
  • Para desenvolvimento ou aperfeiçoamento dos recursos e funcionalidades de nossas ferramentas eletrônicas.
  • Para nos resguardar de direitos e obrigações relacionados ao uso dos Serviços, inclusive em medidas judiciais e administrativas.
  • Para colaborar e/ou cumprir ordem judicial ou requisição por autoridade administrativa.
  • Para promoção de ofertas personalizadas de serviços e produtos da CredForYou e demais empresas do mesmo grupo econômico.

IMPORTANTE: A CredForYou não solicita dados pessoais sensíveis relacionados à sua origem racial ou étnica, suas visões políticas, religiosas ou filosóficas, sua filiação sindical, dados genéticos, ou sua orientação e vida sexual, a menos que a exigência do tratamento decorra de uma obrigação legal ou regulatória.

Como Armazenamos e por quanto tempo mantemos seus dados em nossas Bases:

Os Dados podem ser armazenados em nossos servidores próprios em ambiente seguro com acesso controlado, ou de terceiros contratados para esse fim, todos alocados no Brasil de acordo com a legislação aplicada, podendo ainda ser armazenados por meios de tecnologia de clound computing e/ou outras tecnologias que surjam futuramente, visando sempre a segurança, melhoria e aperfeiçoamento de nossos serviços.

A retenção dos dados coletados tem um período associado que são regidos e baseados no relacionamento com a CredForYou e por leis complementares conforme cada situação.   

Todos os titulares podem exercer seus direitos descritos com base na Lei Geral de Proteção de Dados, desde que não tenhamos outras leis que alterem esses tempos ou cumprimentos legais exigidos pelos órgãos reguladores ou governamentais. 

  • Clientes – Prazo mínimo de 5 (cinco) anos contados da data de encerramento do Contrato, conforme artigo 27 do Código de Defesa do Consumidor – CDC
  • Colaboradores – Prazo mínimo de 5 (cinco) anos contados da data de rescisão do contrato de trabalho, conforme o artigo 11 (onze) da Consolidação das Leis do Trabalho - CLT
  • Fornecedores – Prazo mínimo de 3 (três) anos contatos da data de encerramento do contrato, conforme artigo 206, parágrafo terceiro, inciso V, do Código Civil.

Com quem e por que compartilhamos seus Dados?

A base de dados é nossa propriedade e responsabilidade, sendo que seu uso, acesso e compartilhamento, quando necessário, será realizado dentro dos limites e propósitos de nossos negócios e de acordo com o que autoriza a legislação aplicável.

Nossa prioridade é não realizar o compartilhamento desses dados mas para que possamos melhorar sua qualidade de atendimento e ofertar nossos produtos e serviços, e salvo em algumas situações específicas, como:

  • Órgãos reguladores e Poder público: Suas informações podem ser compartilhadas mediante ordem judicial ou pelo requerimento de autoridades administrativas que detenham competência legal para sua requisição.
  • Grupo Econômico ao qual pertence a CredForYou: Suas informações são compartilhadas entre as empresas que pertencem ao mesmo grupo econômico, assim como também como as áreas de negócio, as quais estão de acordo com esta Política. Fazemos isso para atender aos legítimos interesses e evitar a ocorrência de fraudes e riscos associados.
  • Nossos prestadores de serviço, parceiros de negócio e fornecedores: Contamos com a ajuda de parceiros, prestadores de serviços e fornecedores que podem tratar os Dados que coletamos. Entre os fornecedores e parceiros estão empresas como: marketing e publicidade, atendimento, venda e divulgação de produtos, cobrança e cadastro de inadimplência, antifraude, marketplace, processamento de pagamento e análises consultivas e de auditorias.

Direitos do titular de dados:

O titular possui direitos e garantias em relação aos seus Dados. Nós disponibilizamos mecanismos, detalhados abaixo, para que Você tenha clareza e transparência no exercício de seus direitos. Sempre que necessário, nossa equipe estará pronta para atender eventuais solicitações.

Confirme e acesse seus Dados: Você poderá requisitar detalhes e/ou cópia dos seus Dados guardados por nós. 

Altere ou corrija seus Dados: Você, poderá alterar seus Dados ou corrigi-los se tiver qualquer motivo para acreditar ou suspeitar que qualquer Dado que temos a seu respeito está errado ou incompleto ou desatualizado.

Caso deseje, Você pode revogar consentimentos, eliminar, bloquear, pedir a anonimização ou portabilidade de seus Dados: Você poderá (i) revogar o seu consentimento, sempre que o tratamento de Dados se basear em consentimento nos termos da LGPD; ou (ii) solicitar a exclusão, bloqueio ou a anonimização de seus Dados quando acreditar que estamos tratando seus Dados de forma desnecessária, excessiva, ou em desconformidade com a lei; (iii) desativar a sua conta, a qualquer momento, nos termos da lei. 

Armazenamos o seu histórico: o titular poderá entrar em contato conosco, assim como nós estamos autorizados a entrar em contato com o titular, para tirar dúvidas, auxiliar no acesso de certas funcionalidades de nossos serviços, fazer reclamações ou sugestões, por meio do e-mail ou da plataforma em nosso site. As conversas serão armazenadas por nós e poderemos utilizar seu conteúdo como meio de prova em juízo, para prestação de nossos Serviços, ou nas demais hipóteses previstas em lei. 

 

Para exercer seus direitos ou tirar dúvidas, Você pode entrar em contato conosco através do e-mail de nosso Encarregado: dpo@credforyou.com.br.

Responsabilidades e desprendimento moral:

Nós da CredForYou frisamos a responsabilidade dos agentes que atuam nos processos de tratamento de dados, em conformidade com os artigos 42 ao 45 da Lei Geral de Proteção de Dados. Nos comprometemos em manter esta Política de Privacidade e Termos e Uso atualizada, observando suas disposições e zelando por seu cumprimento. Além disso, também assumimos o compromisso de buscar condições técnicas e organizativas seguramente aptas a proteger todo o processo de tratamento de dados.

Conforme anteriormente mencionado, embora adotemos elevados padrões de segurança a fim de evitar incidentes, não há nenhuma página virtual inteiramente livre de riscos. Nesse sentido, não nos responsabilizaremos por: 

  • Quaisquer consequências decorrentes da negligência, imprudência ou imperícia dos usuários em relação a seus dados individuais. Garantimos e nos responsabilizamos apenas pela segurança dos processos de tratamento de dados e do cumprimento das finalidades descritas no presente instrumento. 
  • Destacamos que a responsabilidade em relação à confidencialidade dos dados de acesso é do usuário. 
  • Ações maliciosas de terceiros, como ataques de hackers, exceto se comprovada conduta culposa ou deliberada de nossa parte.
  • Destacamos que em caso de incidentes de segurança que possam gerar risco ou dano relevante para você ou qualquer um de nossos parceiros ou clientes, comunicaremos aos afetados e a Autoridade Nacional de Proteção de Dados sobre o ocorrido e cumpriremos as providências necessárias. 
  • Inveracidade das informações inseridas pelo Parceiros ou cliente nos registros necessários para a utilização de nossos serviços, quaisquer consequências decorrentes de informações falsas ou inseridas de má-fé são inteiramente de responsabilidade do Parceiro ou cliente.

DPO (Data Protection Officer) ou Encarregado de Proteção de Dados

A CredForYou em meio a conformidade com a LGPD dispõe de um DPO para retirada de dúvidas e tratativas sobre os dados que retemos em nossas bases, em caso de Dúvidas pode-se contatar o mesmo através do seguinte e-mail:

Anderson Oliveira

dpo@credforyou.com.br

Criação, Versionamento e Atualização desta Política de Privacidade e Termos de Uso

Reservamo-nos o direito de alterar essa Política sempre que necessário, com o objetivo de fornecer maior segurança e praticidade ao usuário. Por isso, recomendamos sua leitura a cada novo acesso ao site. Para facilitar a visualização, ao final deste documento informamos a data da última atualização.

Criação: 17/06/2022 Versão: 1.0 Atualização: 17/06/2022 18:00:00

Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD)

O que é a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD)

A Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) estabelece regras sobre como os dados pessoais (de pessoa física) devem ser tratados nos meios físicos ou digitais. O objetivo dessa lei é proteger os seus direitos de liberdade e privacidade.

O que muda com a Lei Geral de Proteção de Dados?

A LGPD determina que qualquer atividade de tratamento de dados pessoais deve respeitar a privacidade do titular envolvido. Dessa forma, a atividade deve trazer informações claras, precisas e de fácil acesso sobre:

  • Como os dados pessoais serão tratados
  • Para qual finalidade esses dados serão usados
  • Quais são as medidas aplicadas para a segurança dessas informações
  • Quais direitos o titular envolvido tem sobre os seus dados pessoais

A LGPD garante de forma não absoluta, o direito ao acesso, exclusão, revogação, dentre outros. Assim, qualquer atividade de tratamento que envolva dados pessoais deverá observar as regras trazidas pela LGPD (apresentadas em forma de princípios) e estar apta a atender todos os direitos garantidos aos titulares envolvidos.

Esta lei também atua extra territorialmente, quando:

  • A coleta e/ou o tratamento dos dados ocorreu em território nacional

Os dados são tratados para ofertar ou fornecer bens/serviços

A CredForYou, prezando pela segurança de seus clientes, adotou procedimentos internos para atender a todas as exigências da LGPD.

Esta lei de proteção de dados vale para quem?
A LGPD protege o tratamento de dados pessoais de pessoa física, mas uma pessoa jurídica também está sujeita a cumprir as regras da LGPD em situações que envolvem o tratamento de dados pessoais de seus clientes.

Qual é o objetivo da Lei Geral de Proteção de Dados?

O objetivo da lei é proteger os direitos de liberdade e privacidade dos titulares de dados pessoais.

O que pode ser considerado como dado pessoal?

Dados pessoais são informações que permitem identificar o indivíduo de forma direta (RG, CPF, endereço residencial etc.) ou indireta (dados registrados durante seus acessos em aplicativos e sites).

O que é dado pessoal sensível?
São informações que abrem margem para discriminação do indivíduo e que, portanto, merecem maior nível de proteção e cuidado. São dados que revelam convicção religiosa, opinião política, filiação a sindicato, origem étnica ou racial, informações referentes à saúde, vida sexual, genética e biometria, quando vinculados a uma pessoa natural.

Quais dados a CredForYou e/ou as empresas ligadas tratam?

1 - Dados fornecidos diretamente por você a CredForYou e/ou empresas ligadas no momento da contratação de nossos produtos e serviços. Nesse caso, os dados são necessários para fazer os serviços bancários

2 - Dados fornecidos por você às empresas parceiras ou prestadoras de serviços da CredForYou, com as quais você tem relacionamento comercial, para oferta de produtos e serviços.

3 - Dados públicos fornecidos por autoridades governamentais (órgãos públicos).

Por quanto tempo A CredForYou guarda meus dados pessoais?

A CredForYou e/ou as empresas ligadas mantém os dados pessoais em sua base no decorrer da relação contratual e, quando necessário para cumprir uma obrigação legal e/ou regulatória (como em casos de processos judiciais).

Os dados pessoais também podem ser eliminados mediante pedido de eliminação pelo titular, exceto se houver qualquer hipótese legal que justifique o armazenamento dos dados. Nesse caso, o titular será informado sobre o motivo do impedimento da eliminação.

Com quem a CredForYou compartilha meus dados pessoais?

Seus dados pessoais são compartilhados com:

  1. Empresas da  CredForYou para fins comerciais, cadastrais e obrigações legais, sempre adotando medidas adequadas para garantir a proteção dos dados pessoais.
  2. Fornecedores e empresas terceiras para prestação de serviços.

Órgãos públicos e autoridades competentes no cumprimento de obrigações legais e/ou regulatórias, ou para a proteção dos interesses da empresa em qualquer tipo de conflito, incluindo ações judiciais e processos administrativos


Quais são os direitos dos titulares dos dados pessoais?

Você tem o direito de:

  • Confirmar a existência do tratamento de dados pessoais pela CredForYou
  • Consultar seus dados pessoais e o tratamento dado a eles
  • Corrigir, completar ou atualizar os dados pessoais que estiverem incorretos, incompletos ou desatualizados
  • Eliminar os dados que estejam sendo tratados pela CredForYou e empresas parceiras de forma excessiva, desnecessária e/ou em desconformidade com a LGPD
  • Compartilhar seus dados pessoais com outros fornecedores por meio da portabilidade

Quem é o encarregado de dados da CredForYou e como entro em contato com ele?

O encarregado de dados da CredForYou e/ou de empresas ligadas é a pessoa responsável por assegurar o cumprimento da Lei Geral de Proteção de Dados.

Se você entender que seus dados não estão sendo tratados de acordo com a lei ou tiver alguma dúvida sobre como seus dados estão sendo tratados, mande um e-mail para: dpo@credforyou.com.br

ENCARREGADO PELO TRATAMENTO DE DADOS – DPO

Profile picture

ANDERSON OLIVEIRA
dpo@credforyou.com.br

Encarregado pelo tratamento de dados da Credforyou e empresas ligadas.

Como exercer seus direitos

Acesse o nosso canal de privacidade clicando no link abaixo:

Requisição de Privacidade

FAQ
Perguntas frequentes

A Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) estabelece regras sobre como os dados pessoais (de pessoa física) devem ser tratados nos meios físicos ou digitais. O objetivo dessa lei é proteger os seus direitos de liberdade e privacidade.
A LGPD determina que qualquer atividade de tratamento de dados pessoais deve respeitar a privacidade do titular envolvido. Dessa forma, a atividade deve trazer informações claras, precisas e de fácil acesso sobre:
  • Como os dados pessoais serão tratados
  • Para qual finalidade esses dados serão usados
  • Quais são as medidas aplicadas para a segurança dessas informações
  • Quais direitos o titular envolvido tem sobre os seus dados pessoais

A LGPD garante de forma não absoluta, o direito ao acesso, exclusão, revogação, dentre outros. Assim, qualquer atividade de tratamento que envolva dados pessoais deverá observar as regras trazidas pela LGPD (apresentadas em forma de princípios) e estar apta a atender todos os direitos garantidos aos titulares envolvidos.

A CredForYou, prezando pela segurança de seus Parceiros e clientes, adotou diversos procedimentos internos e externos para atender as exigências da LGPD.

A LGPD protege o tratamento de dados pessoais de pessoa física, mas uma pessoa jurídica também está sujeita a cumprir as regras da LGPD em situações que envolvem o tratamento de dados pessoais de seus clientes.
O objetivo da lei é proteger os direitos de liberdade e privacidade dos titulares de dados pessoais.
Dados pessoais são informações que permitem identificar o indivíduo de forma direta (RG, CPF, endereço residencial etc.) ou indireta (dados registrados durante seus acessos em aplicativos e sites).
DPO (Data Protection Officer) também chamado de Encarregado pelo Tratamento de Dados Pessoais é a pessoa responsável pela comunicação entre o Controlador e a ANPD, e principal responsável por garantir que o cumprimento pela LPGD no controlador.
Pessoa física natural a quem os dados se referem.
É toda operação realizada com os dados: Armazenamento, Exclusão, Copia, Alteração.
Através do contato com DPO por meio dos contatos divulgados no site da empresa como por exemplo o e-mail ou em plataforma de solicitação.
Você tem o direito de:
  • Confirmar a existência do tratamento de seus dados pessoais;
  • Consultar seus dados pessoais e o tratamento dado a eles;
  • Corrigir, completar ou atualizar os dados pessoais que estiverem incorretos, incompletos ou desatualizados;
  • Eliminar os dados que estejam sendo tratados de forma excessiva, desnecessária e/ou em desconformidade com a LGPD;
  • Compartilhar seus dados pessoais com outros fornecedores por meio da portabilidade.

Prevenção a Lavagem De Dinheiro

O que é lavagem de dinheiro e financiamento ao terrorismo?

Lavar dinheiro é dar aparência lícita a valores obtidos de forma ilícita. Dessa forma, criminosos conseguem usufruir de dinheiro proveniente de atividades criminosas como se ele tivesse sido obtido legalmente.

 Segue abaixo o ciclo da lavagem de dinheiro:

COLOCAÇÃO

A colocação se efetua por meio de depósitos, compra de instrumentos negociáveis ou compra de bens. É comum utilizarem estabelecimentos com muito dinheiro em espécie.

OCULTAÇÃO

Realização de inúmeras operações e transferências visando dificultar o rastreamento dos recursos.

INTEGRAÇÃO

Os recursos de origem ilícita são reinseridos à economia regular. As organizações criminosas buscam investir em empreendimentos que guardam relação com as Atividades do grupo de modo que tai sociedades prestem serviços entre si.

Quando alguém comete um crime, procura disfarçar todas as evidências para não ser descoberto, certo? Isso se aplica também ao dinheiro obtido com o crime.

Por meio de algumas técnicas, criminosos conseguem "despistar" a origem do dinheiro, para não "deixar rastros" de seus crimes.

 “Lavagem de dinheiro é o que permite que os criminosos usufruam dos benefícios de seus crimes, incluindo corrupção, evasão fiscal, roubo, tráfico de drogas e contrabando de migrantes. Muitos desses crimes representam uma ameaça direta à estabilidade econômica.”

RHODA WEEKS-BROWN, conselheira e diretora do Departamento Jurídico do FMI.

Os programas de PLD, em um certo momento, passaram a envolver também o combate ao Financiamento ao Terrorismo (FT) = PLD/FT. Ambas as práticas utilizam técnicas semelhantes para disfarçar a procedência e os fins dos recursos utilizados, apesar de terem diferentes objetivos.

A lei prevê pena de até 10 anos de prisão e multa para quem praticar crimes de lavagem ou ocultação de bens, direitos e valores e financiamento ao terrorismo. 

O que você tem a ver com isso?

O cumprimento de ações preventivas é uma exigência do Banco Central do Brasil e do sistema de autorregulação de crédito consignado.

As atividades econômicas que lidam diretamente com dinheiro e altos valores precisam de atenção redobrada na PLD/FT. Elas são consideradas “portas de entrada” para recursos financeiros e, por isso, são fiscalizadas por órgãos reguladores no Brasil e no exterior.

Para que você, nosso parceiro, conheça quais são os mecanismos de prevenção, identificação e reporte de situações suspeitas previstos na Lei de Lavagem de Dinheiro (Lei 9.613/98), listamos a seguir as principais situações práticas:

  • Identifique seu cliente: registre nome, CPF, endereço etc. e também a capacidade financeira (profissão, renda e patrimônio). Mantenha o cadastro atualizado.
  • Verifique se ele pode ser considerado uma “Pessoa Exposta Politicamente” (PEP) – ou seja, alguém que possa ter exercido cargos, empregos ou funções públicas relevantes nos últimos cinco anos, tanto no Brasil quanto no exterior. Ex: políticos (vereadores, prefeitos etc.), diretores de empresas públicas, desembargadores, tesoureiros de partidos políticos, membros do Ministério Público, dentre outros. 
  • É importante que você mantenha registro de todas as transações e cadastros por pelo menos cinco anos.
  • O mesmo procedimento de identificação deve ser feito com seus parceiros.
  • Identifique todos os representantes e sócios vinculados ao seu CNPJ – esses dados serão solicitados no momento de credenciamento da empresa e devem ser informados se forem alterados depois.

Outro dever das instituições é a observação das Listas de Sanções impostas por órgãos internacionais. Tais listas abrangem pessoas, entidades e organizações monitoradas que foram bloqueadas por estarem envolvidas com atividades que ameaçam as políticas externas e a segurança internacional. É vedado o relacionamento com partes sancionadas.

Mas, afinal, o que pode ser uma operação suspeita? Veja alguns exemplos:

  • Ao receber um novo sócio para a sua loja, você percebe que ele faz pagamentos em dinheiro vivo de forma indiscriminada, mesmo sem saber se os rendimentos e bens dele estão de acordo com os investimentos realizados. Daí é o momento de desconfiar;
  • Pode ser que o dinheiro tenha alguma origem ilícita e que a sua loja esteja sendo usada para que o dinheiro ilícito ganhe aparência oficial e seja “legalmente aceito”;
  • Solicitação de concessão de crédito incompatível com a atividade econômica ou com a capacidade financeira de um cliente;
  • Informação de mesmo endereço residencial ou comercial por pessoas naturais, sem demonstração da existência de relação familiar ou comercial;
  • Resistência ao fornecimento de informações necessárias para o início de relacionamento ou para a atualização cadastral;
  • Mesma pessoa solicitando crédito por meio de diferentes CPFs. 

Saiba que, de modo complementar, a CredForYou realiza validações de PLD/FT (prevenção a lavagem de dinheiro e financiamento ao terrorismo) em todos os representantes credenciados, parceiros e usuários.

E, por isso, possui políticas, procedimentos e controles internos para averiguar a compatibilidade das operações realizadas com a capacidade financeira de clientes e parceiros. 

As atipicidades identificadas pelas instituições financeiras são reportadas ao Conselho de Controle de Atividades Financeiras (COAF) dentro do prazo de 24 horas. Veja como este órgão atua:

 

COAF

  1. Recebe, examina identifica as ocorrências suspeitas de atividades ilícitas.
  2. Comunica às autoridades competentespara a instauração dos procedimentos.
  3. Coordenapropõe mecanismos de cooperação e de troca de informações que viabilizem ações rápidas e eficientes no combate à ocultação ou dissimulação de bens, direitos e valores.
  4. Disciplina e aplica penas administrativas.

 

 Bônus

A corrupção anda ao lado da lavagem de dinheiro e ao financiamento do terrorismo. Fique de olho!

A Lei Anticorrupção (Lei 12.846/2013) prevê punição para as empresas envolvidas em corrupção, mesmo quando não estão diretamente ligadas ao crime. E atenção: apenas a intenção basta para caracterizar a infração.

Podem ser considerados atos de corrupção:

  • Prometer, oferecer ou dar, direta ou indiretamente, vantagem indevida a agente público, ou terceiros a ele relacionados;
  • Financiar a prática de atos ilícitos previstos nesta Lei;
  • Utilizar pessoa física ou jurídica para ocultar ou dissimular seus reais interesses ou a identidade dos beneficiários dos atos praticados;
  • Dificultar atividade de investigação ou fiscalização de órgãos, entidades, agentes públicos, ou intervir em sua atuação;
  • Influenciar um agente público com o qual haja uma relação pessoal, a fim de beneficiar a si ou à instituição.

Dessa forma, é proibido oferecer, dar, solicitar ou receber qualquer forma de suborno, propina ou outro pagamento corrupto, facilitador ou qualquer coisa de valor, para ou de qualquer pessoa ou organização, incluindo agências governamentais, funcionários públicos individuais, funcionários públicos, empresas privadas e funcionários dessas empresas privadas em qualquer circunstância.

O que deve ser feito?

Caso tenha conhecimento de algum ato ou tentativa de suborno ou corrupção, você deve comunicar imediatamente à área Jurídica (jurídico@credforyou.com.br).

Caso você queira conhecer mais detalhes sobre Prevenção à Lavagem de Dinheiro e Financiamento ao Terrorismo, consulte a legislação: Lei 9.613/98; Lei 12.683/12; Lei 13.810/19 e Circular nº 3.978 do Banco Central do Brasil.

Portanto, fique de olho nos seus negócios e mantenha o cadastro de clientes e parceiros sempre atualizados. Se tiver dúvidas, fale com a gente.

Clientes Vulneráveis

REGULAMENTO - CLIENTES VULNERÁVEIS E POTENCIALMENTE VULNERÁVEIS

O Sistema de Autorregulação Bancária da Federação Brasileira de Bancos – Febraban institui o normativo SARB 023 e 024/2020, que estabelece diretrizes e procedimentos para promover o aperfeiçoamento dos padrões de qualidade e serviços das instituições financeiras, no relacionamento com os consumidores considerados vulneráveis.

Os clientes potencialmente vulneráveis são capazes de administrar suas finanças e assumir decisões bem informadas. Não são considerados vulneráveis ou especialmente vulneráveis mas requerem alguma vigilância porque no futuro, essa condição pode mudar.

A SARB 024/2020 descreve que são considerados clientes vulneráveis consumidores que, devido a sua condição pessoal, demonstrem menor capacidade de compreensão e discernimento para análise e tomada de decisões ou de representar seus próprios interesses, como por exemplo:

  • Capacidade Civil;
  • Deficiência Física ou Mental;
  • Doença Grave;
  • Superendividamento;
  • Baixo grau de Escolaridade;
  • Habilidade e/ou maturidade digital;
  • Idade;
  • Renda;

O QUE ESPERAMOS DOS NOSSOS PARCEIROS?

O comportamento de todos os correspondentes que atuam diretamente ou indiretamente com a CredForYou deve ser sempre Simples, Pessoal e Justo, garantindo os princípios de ética, responsabilidade, transparência e diligência. A vulnerabilidade é dinâmica e qualquer um pode em um momento da vida se encontrar em uma situação de vulnerabilidade. Precisamos estar preparados para atuar de acordo com a nossa missão e contribuir para o progresso das pessoas e da sociedade.

A vulnerabilidadeé uma situação dinâmica, afetada por fatores sociais, pessoais e/ou eventos externos, podendo ser permanente ou situacional.

COMO IDENTIFICÁ-LOS?

Alguns fatores permitem identificar a vulnerabilidade do cliente, como por exemplo:

  • Falta de clareza quanto a seus direitos e obrigações;
  • Dificuldade de compreender as informações e produtos oferecidos;
  • Dificuldade de comparecer a uma loja física por razões econômicas, físicas, distância e outras;
  • Dificuldade em obter informações de forma online;
  • Dificuldade em se comunicar ou expressar pensamentos e opiniões;
  • Expressar situações de preocupações relacionadas ao comprometimento da renda e endividamento;
  • Demonstrar dependência de terceiros na execução de suas vontades;
  • Demonstrar alguma impossibilidade ou dificuldade em relação à situação que está passando;

COMO AGIMOS?

Os correspondentes e parceiros da CredForYou devem assegurar que a oferta de produtos e serviços ocorra de forma adequada às necessidades e interesses dos consumidores vulneráveis, adotando os seguintes comportamentos:

Realizar a venda com qualidade e transparência, oferecendo produtos e serviços que são descomplicados e facilitam a vida do cliente. Utilizar linguagem clara, concisa e fácil de compreender;

Compreender as necessidades de cada cliente e oferecer produtos, serviços e ferramentas para que os próprios clientes decidam como querem usar o banco.
Ser paciente em suas explicações, garantindo que houve compreensão por parte do cliente. Crie uma relação de confiança com o seu cliente.

Ter empatia é a arte de se colocar no lugar do outro. Como você gostaria de ser atendido? Você seria seu cliente?

Certificar que a decisão da contratação do produto foi realizada de forma consciente;

Disponibilizar os canais de comunicação direta com o Banco para esclarecer dúvidas e solicitar informações que julgar necessário.

RESUMO – BOAS PRÁTICAS

Pratique a empatia: Esteja aberto para ouvir a real necessidade do cliente e oferecer o produto que ele precisa, de forma, clara e objetiva, se eximindo de qualquer interesse ou intenção de má fé para obter vantagens financeiras. Coloque-se no lugar daquele cliente, pensando em como você gostaria de ser atendido se estivesse naquela posição.

Realize uma venda correta: Jamais solicite documentos que não fazem parte do processo de formalização e informe o cliente o que ele está assinando. Nunca utilize seus documentos e assinaturas para outros fins

Fale com Clareza: Evite termos técnicos ou palavras muito difíceis que não sejam de conhecimento comum.

Seja ágil: Priorize o atendimento o mais rápido possível. As pessoas com doenças graves, deficiências físicas ou mental e idosas, possuem direito ao atendimento preferencial.

Seja transparente: No momento da oferta é fundamental que sejam previamente informados ao cliente os custos totais do crédito contratado, juros, tarifas, taxas, encargos sobre atraso.

Certifique que as solicitações foram atendidas: Faça um resumo da conversa e certifique que o cliente compreendeu tudo que foi acordado.

SANÇÕES

O compromisso da CredForYou com esse tema vai além da identificação e observação do comportamento com o cliente, também prevê o compromisso do nosso parceiro através de cláusulas firmas nos contratos celebrados com os seus correspondentes quanto aos procedimentos previstos no Normativo SARB 024/2020;

O descumprimento do Normativo SARB 024/2020 importará na aplicação das sanções previstas no capítulo II, Seção IX, do Código de Conduta Ética e Autorregulação, observados os procedimentos previstos no Normativo SARB nº 006/2009.

FAQ

Perguntas frequentes

A Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) estabelece regras sobre como os dados pessoais (de pessoa física) devem ser tratados nos meios físicos ou digitais. O objetivo dessa lei é proteger os seus direitos de liberdade e privacidade.

A LGPD determina que qualquer atividade de tratamento de dados pessoais deve respeitar a privacidade do titular envolvido. Dessa forma, a atividade deve trazer informações claras, precisas e de fácil acesso sobre:

  • Como os dados pessoais serão tratados
  • Para qual finalidade esses dados serão usados
  • Quais são as medidas aplicadas para a segurança dessas informações
  • Quais direitos o titular envolvido tem sobre os seus dados pessoais
A LGPD garante de forma não absoluta, o direito ao acesso, exclusão, revogação, dentre outros. Assim, qualquer atividade de tratamento que envolva dados pessoais deverá observar as regras trazidas pela LGPD (apresentadas em forma de princípios) e estar apta a atender todos os direitos garantidos aos titulares envolvidos. A CredForYou, prezando pela segurança de seus Parceiros e clientes, adotou diversos procedimentos internos e externos para atender as exigências da LGPD.

A LGPD protege o tratamento de dados pessoais de pessoa física, mas uma pessoa jurídica também está sujeita a cumprir as regras da LGPD em situações que envolvem o tratamento de dados pessoais de seus clientes.

O objetivo da lei é proteger os direitos de liberdade e privacidade dos titulares de dados pessoais.

Dados pessoais são informações que permitem identificar o indivíduo de forma direta (RG, CPF, endereço residencial etc.) ou indireta (dados registrados durante seus acessos em aplicativos e sites).

DPO (Data Protection Officer) também chamado de Encarregado pelo Tratamento de Dados Pessoais é a pessoa responsável pela comunicação entre o Controlador e a ANPD, e principal responsável por garantir que o cumprimento pela LPGD no controlador.

Pessoa física natural a quem os dados se referem.

É toda operação realizada com os dados: Armazenamento, Exclusão, Copia, Alteração.

Através do contato com DPO por meio dos contatos divulgados no site da empresa como por exemplo o e-mail ou em plataforma de solicitação.

Você tem o direito de:

  • Confirmar a existência do tratamento de seus dados pessoais;
  • Consultar seus dados pessoais e o tratamento dado a eles;
  • Corrigir, completar ou atualizar os dados pessoais que estiverem incorretos, incompletos ou desatualizados;
  • Eliminar os dados que estejam sendo tratados de forma excessiva, desnecessária e/ou em desconformidade com a LGPD;
  • Compartilhar seus dados pessoais com outros fornecedores por meio da portabilidade.

Onde estamos

Encontre uma agência perto de você e venha nos conhecer!